Obama e Robin Hood. Nova dupla?

12 05 2010

Oláá!

Ainda segue o papo sobre o artista Andy Warhol. Eu estava vendo algumas notícias e vi essa foto:

Bom, eu não sei se vocês sabiam, mas essa imagem foi feita por um artista chamado Shepard Fairey. Na época ele era quase um anônimo que usava em seus trabalhos a mesma técnica que o pai da pop art e, que por livre e espontânea vontade resolveu fazer a imagem do então cantidato Obama, que em minutos virou febre em toda a campanha.

O pôster é feito nas cores vermelha, azul e branca (as mesmas da bandeira dos EUA) é comparado ao semblante daquela imortal imagem do Che Guevara.

É claro que eu nem preciso contar que a vida desse artista deu uma reviravolta. Ele abriu a agência de design Studio Number One, criou a grife de roupas Obey, a revista de cultura pop Swindle e a galeria de arte Subliminal Projects.

Ele faz trabalhos para capas de CDs, cartazes de filmes, livros… Além de publicidades para a rede de supermercado Wall-Mart, Seven Up e Volswzgen.

Um sucesso tão imediato quanto esse gerou algumas discussões e acusações, como a dele ter renegado às suas origens se entregando ao mundo capitalista e ao responder, “diz ser um Robin Hood da arte, que usa o mercado para continuar divulgando suas mensagens subversivas: fazer parte do mundo da arte comercial e compreendê-la é, de certa maneira, como uma infiltração. Porque sempre senti que grande parte do meu trabalho era uma reação à propaganda e uma forma de compreender como a propaganda funciona. Arte e comércio necessitam um do outro”.

Anúncios